Quem procura acha

O Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal avalia enquadrar o caso dos brasileiros que constrangeram uma mulher na Rússia