A caravana de Taques passa e a Santa Casa fica na mesma

Escrito por:
Situação da Santa Casa piora a cada dia que passa

Hoje à tarde, acontecerá uma reunião entre a coordenação da 11ª Caravana da Transformação (leia-se, governo de Mato Grosso) – que virá a Rondonópolis, em dezembro – e os secretários de Saúde, dos 19 municípios que compõem a região Sul do Estado.
O encontro, que será na sala de reuniões da Prefeitura de Rondonópolis a partir das 14 horas,  servirá para o repasse pela coordenação da caravana, de orientações aos participantes e apresentação do projeto.
Como estará presente o coordenador-geral da Caravana e também secretário de Estado do Gabinete de Governo, José Arlindo de Oliveira, seria interessante que os secretários regionais cobrassem um posicionamento sobre o débito do governo para com a Santa Casa de Rondonópolis, já que para a unidade  afluem também, pacientes de seus municípios, beneficiados pelo Consórcio Regional de Saúde.
Também é imprescindível que os vereadores de Rondonópolis compareçam à reunião, para pedir explicações sobre quando serão repassados os R$ 5, 3 milhões devidos à Santa Casa.
O “calote” do governo de Pedro Taques,  já causou o fechamento da UTI Pediátrica e suspensão, por falta de pagamento desde julho dos plantões do corpo clínico da instituição, dos atendimentos/procedimentos eletivos da maternidade e cirurgias, bem como reduziu as internações nas UTI’S e nesses setores, para os casos cirúrgicos eletivos não urgentes ou emergências, desde o dia 26 de outubro passado.
É bom parar de “babar ovo” e se mexer, secretários e vereadores!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *