A malandragem não dá folga

(Divulgação/PMMT)
(Divulgação/PMMT)

A Polícia Militar, por meio da Diretoria da Agência Central de Inteligência (Daci) alerta a população de Mato Grosso, quanto a ação de golpistas que se passam por vendedores de panelas e utensílios domésticos em domicílio.
Os vendedores que aceitam o pagamento apenas no cartão de crédito, copiam os dados bancários das vítimas em uma outra máquina e descontam duas vezes o valor da compra.
Tal golpe já foi aplicado no Estado em 2017 e agora voltam à carga, oferecendo produtos de falsa procedência, como panelas alemãs, facas e outros utensílios.
Segundo a PM, uma das vítimas que comprou os produtos da quadrilha chegou a pagar por duas vezes o valor de R$ 2.300,00 e teve os dados dos cartões clonados.
O diretor da Agência Central de Inteligência (ACI) da PM, tenente-coronel Fabio de Souza Andrade explica que os golpistas além de irem de casa em casa, também abordam as vítimas em portas de supermercados, shoppings e são bons de conversa. “Quando o cliente decide comprar o produto, o falso vendedor simula uma falha na transação do cartão, diz que caiu o sinal e utiliza uma outra máquina de cartão. Esse segundo equipamento copia e transfere os dados da vítima para outro cartão e a vítima é cobrada duas vezes, por uma única compra”, alerta o diretor da ACI.
Ao fazer uma compra, a PM orienta à população para não fornecer dados pessoais a terceiros. O cliente deve ficar atento quando for usar o cartão, se caso efetuar a compra, peça o comprovante e verifique se tudo está correto. Qualquer ação suspeita do vendedor, exija o cancelamento da transação do cartão, acione a Polícia Militar por meio do 190 ou pelo disque denúncia 0800-653939.
Enquanto houver mané que se acha esperto, a malandragem vai continuar aplicando os “migué”!