A Papuda te espera, Temer!

Escrito por:

Em rápido pronunciamento de Natal no dia 24, que durou cerca de 3 minutos, o golpista Michel Temer (MDB) enfatizou – descaradamente – que deixa o governo “com a alma leve e a consciência do dever cumprido” e que “cabe ao tempo demonstrar” o que fez (certamente para si próprio e seus colegas de gatunagem), durante os dois anos e meio que esteve à frente do governo.
Temer deixa o cargo no dia 1º de janeiro de 2019 e não mais usufruirá do foro privilegiado, o que poderá, finalmente, colocá-lo no banco dos réus se condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), frente às denúncias de corrupção e lavagem de dinheiro – dentre elas a do imbróglio dos Portos -, encaminhadas à Corte pela procuradora Geral da República, Raquel Dodge.
A alma pode estar leve, mas os bolsos devem estar cheios!


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *