Aécio não consegue se eleger “padrinho” na escola da filha

Escrito por:
(Rafaela Felicciano/Metrópoles)

Segundo o jornalista Maurício Lima na coluna Radar da Veja.com de ontem, confirmando o que todos já sabem, a ficha de Aécio fora dos bastidores políticos, anda prá lá de desgastada.
O playboy tucano tentou ser o padrinho da sala de sua filha numa escola bilíngue de Brasília, como é tradição no início de cada ano letivo, quando os pais elegem um pai colaborador – responsável por aproximar as famílias da escola.
Todos são convidados a votar em um representante, por turma.
E, pela lógica, não deu outra: O tucano perdeu a votação.
Se reeleger para cargo político legislativo ou executivo, nas eleições de 2018 então, nem pensar!

 

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *