Aeroporto pode se tornar terminal de cargas

Aeroporto Marinho Franco (Arquivo)
Aeroporto Marinho Franco
(Arquivo)

Pela sua localização geográfica e importância no contexto sócioeconômico do Estado, o Aeroporto Marinho Franco de Rondonópolis, poderá também se tornar um terminal de cargas aéreas para outras regiões de Mato Grosso.
Este foi um dos assuntos abordados no encontro ontem, entre o prefeito José Carlos do Pátio, o vice Aylon Arruda, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR), Renato Del Cistia, e o deputado estadual Xuxu Dalmolin (PSC), que esteve em visita à Prefeitura local.
O ponto principal da reunião foi o fortalecimento da aviação regional, com a entrada em operação da rota Sorriso/Rondonópolis/Brasília, em 1º de julho deste ano, pela empresa Gol Linhas Áreas, por meio da VoePASS e a busca de novas linhas, para passageiros.