Arcanjo volta para a prisão

Escrito por:
Arcanjo foi detido em sua residência
(PJC)

Após ter cumprido 15 anos em regime fechado, por diversos crimes que continua a responder – dentre eles, como mandante do assassinato do dono do Jornal Folha do Estado, Sávio Brandão, em 30 de setembro de 2002, na capital mato-grossense – e posto em liberdade em fevereiro deste ano, João Arcanjo Ribeiro foi preso nas primeiras horas da manhã de hoje, em sua residência em Cuiabá, por policiais da Delegacia Especializada de Fazenda e Crimes Contra a Administração Pública (Defaz) e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), na operação “Mantus”, que visa desbaratar duas organizações criminosas envolvidas com lavagem de dinheiro e com o Jogo do Bicho, que atuam em Mato Grosso.
Rondonópolis
Determinados pelo juiz Jorge Luiz Tadeu, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, os policiais estão cumprindo, ao todo, 63 mandados judiciais – 33 de prisão preventiva e 30 de busca e apreensão domiciliar, também em cidades do interior do Estado, inclusive Rondonópolis.
Denominação
Denominada de “Mantus” (termo latino), a operação têm como referência o deus do azar etrusco Manto  que chamava atenção de suas vítimas através de jogos, roubando assim suas almas.


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *