Ato contra o desmonte da Educação e da Previdência na Praça Brasil

Escrito por:

A exemplo de outras cidades e capitais brasileiras, Rondonópolis também está promovendo agora pela manhã na Praça Brasil, manifestação contra os abusos praticados aos servidores públicos da Educação, pelos governo estadual e pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), enfocando, ainda o corte de 30% nos orçamentos das universidades e institutos federais e o desmonte da Previdência Social.
O ato em Rondonópolis, está sendo promovido pela subsede do Sindicado dos trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) e conta com a adesão de outras categorias de trabalhadores, bem como de professores e alunos das escolas estaduais e da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).
Pauta
A pauta defendida pelo Sintep, dentre outros itens exige o cumprimento, pelo governo de Mauro Mendes (DEM), Lei 510/2013 para 2019, que assegura o pagamento em dia dos salários da categoria, independente da concessão de anistia ou incentivos fiscais aos devedores dos cofres estaduais; a realização de Concurso Público; melhoria na infraestrutura das escolas; pagamento de 1/3 de férias, para os contratados; e Licenças Prêmio e Qualificação, dentre outros itens.
Caso não haja o cumprimento das reivindicações da categoria pelo governo de Mato Grosso, os profissionais da Educação entrarão em greve, a partir do dia 20 deste mês.

 

 

 

Fotos: Jadielson Moraes


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *