Autores de áudios com o avião que conduziu Lula não são identificados

Escrito por:
Autores de áudios não são identificados
(Reprodução)

Não é compreensível, que pela magnitude de ser a Força Aérea Brasileira (FAB) a instituição não consiga identificar os autores dos dois áudios que entraram nas comunicações com o comandante do avião PR-AAC, que transportou Lula do aeroporto de Congonhas (SP) ao de Curitiba (PR), Bacacheri,  na noite do último sábado.
Nos dois áudios, vazados ontem, pessoas não-identificadas dizem ao piloto que levava Lula a Curitiba: “Leva e não traz nunca mais” e “Manda esse lixo, pela janela abaixo”.
Apesar do diálogo com o comandante da aeronave ter sido confirmado como verdadeiro pela Força Aérea Brasileira, a instituição nega, contudo, que a fala tenha sido proferida pelos controladores de tráfego aéreo da torres de Congonhas e Bacacheri. “Ressalva-se que a frequência utilizada para essas comunicações aeronáuticas, é aberta. Por isso, quem estiver conectado pode ouvir e falar”, esclarece a FAB em nota, acrescentando: “as regras de tráfego aéreo orientam que os usuários se identifiquem, o que evidentemente não ocorreu neste caso.”
Confira a íntegra da nota da FAB:
“A comunicação apresentada é verdadeira e ocorreu instantes antes da decolagem da aeronave PR-AAC do aeroporto de Congonhas, na noite de sábado (07/04).
Entretanto, podemos assegurar que a observação ao final do áudio em questão não foi feita pelo controlador de tráfego aéreo.
Ressalva-se que a frequência utilizada para essas comunicações aeronáuticas é aberta, por isso quem estiver conectado pode ouvir e falar. Porém, as regras de tráfego aéreo orientam que os usuários se identifiquem, o que evidentemente não ocorreu neste caso.”
Da Redação com Veja.com
Ouça os áudios, reproduzido do  YouTube:

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *