Bolsonaro bate continência para assessor de Trump

Escrito por:
Vergonhosa babação de ovo e entreguismo
(Brasil 247)

Num ato de humilhação ao povo brasileiro, Jair Bolsonaro bateu continência, hoje pela manhã, para John Bolton, assessor de segurança de Donald Trump, ao receber o americano em sua casa, no Rio de Janeiro. (Assista ao vídeo, no final da matéria).
Segundo o “Regulamento de Continências, Honras, Sinais de Respeito e Cerimonial Militar das Forças Armadas (RCont)”, publicado pela portaria número 660/MD, de 19 de maio de 2009, pelo então Ministro da Defesa Nelson Jobim e que regula o tema, “A continência, parte sempre do militar de menor precedência hierárquica” (artigo 14, parágrafo 2º). Portanto, ao bater continência a Bolton, Bolsonaro reconhece-o, pelo código militar, como seu superior.
Bolton, conhecido como ‘O Senhor da Guerra’, quer que o Brasil, a nova colônia dos EUA na América Latina, pressione a Venezuela e sufoque Cuba, colocando nosso país em clima de beligerância e hostilização, com nossos vizinhos.
Sabujice antecipada
Em outubro do ano passado, durante um comício antecipado em um restaurante da cidade de Deerfield Beach, na Flórida, Bolsonaro já havia batido continência à bandeira americana, numa clara demonstração de que o “rabo iria balançar o cachorro”, caso viesse a ganhar as eleições no Brasil, este ano.
Não deu outra!

Da Redação com Brasil 247


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *