Caso da mala: PF conclui que houve corrupção passiva de Temer e Loures

Escrito por:
PF confirma corrupção passiva de Loures e Temer

Segundo a Folha de São Paulo divulgou agora há pouco, o relatório preliminar da Polícia Federal (PF) autorizado pelo ministro Edson Fachin – relator da Operação Lava Jato -, referente à investigação sobre Michel Temer e seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures (o homem da mala), concluiu que houve a prática de corrupção passiva.
As informações conclusivas foram entregues ao STF (Supremo Tribunal Federal) hoje e ainda não foram divulgadas pelo Supremo.
A PF pediu, porém, mais cinco dias ao ministro Edson Fachin para finalizar as investigações e apresentar o laudo da perícia das gravações de conversas feitas por Joesley Batista, um dos donos da JBS. A PF aguarda esse resultado, para concluir se houve também a prática de obstrução de Justiça.
As assessorias de Temer e Loures não comentaram o relatório até agora.
Corrupção passiva
A corrupção passiva está ligada à mala de propina de R$ 500 mil entregue a Rodrigo Rocha Loures pela JBS, que estaria agindo a mando de Michel Temer, cuja entrega foi filmada pela PF, em uma pizzaria de São Paulo.
Da Redação com Folha de São Paulo

Continue Lendo


um comentário

  1. NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÕOOOOOOOO! Redescobriram a roda! Esses garotos da PF são muito “malvados”! Logo agora que o Temer “ameaçou” todos àqueles que são culpados. Coitaaaaaaaadoooooo!

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *