Conta outra, Pedro Taques!

Escrito por:
Tentando “sair à francesa”
(Foto: Olhar Direto)

Em conversa ontem com internautas pelo Facebook, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), disse que o atraso no pagamento de outubro aos servidores estaduais – que deveria ter sido depositado até o dia 10 deste mês – , se deveu à prioridade dada para a área de Saúde, culpabilizando o atraso nos repasses federais, por isso.
Alinhado ao governo golpista de Michel Temer (PMDB), Taques ressaltou que o agravamento da situação da saúde pública fez com que optasse, no início do mês, em transferir R$ 50 milhões para garantir atendimento nos hospitais do interior do Estado.
Na maior cara-de-pau, Taques disse ao internautas que teve que fazer uma escolha e priorizou a Saúde Pública.
Que mané priorizou a Saúde, governador?
Se houvesse realmente priorizado a Saúde, a UTI Pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis não teria sido desativada por falta de recursos “caloteados” por seu governo, deixando sem atendimento as crianças da cidade e também dos 18 municípios da Região Sul, que eram atendidas pelo estabelecimento rondonopolitano, através do Consórcio Regional de Saúde.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *