Contas de luz de MT devem ser reajustadas em 10,64%

Escrito por:
Reajustes devem ser a partir de abril
(Ilustrativa)

Consumidores de energia de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo, poderão ter suas contas de luz reajustadas, a partir de abril deste ano, segundo divulgou hoje a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estuda propostas neste sentido.
As propostas ainda serão debatidas em audiências públicas e passarão por uma nova votação da diretoria, antes de começarem a vigorar. A Aneel prevê que o debate seja encerrado em março e a revisão tarifária colocada em prática, a partir de abril.
Caso os valores sejam mantidos, o aumento nas contas de luz da Energisa Mato Grosso Distribuidora de Energia S.A (EMT) será de 10,64% para os consumidores residenciais. Para as indústrias, o reajuste médio aprovado é de 8,36%. A empresa atende a 1,3 milhão de unidades consumidoras em 141 municípios do estado do Mato Grosso.
Durante a reunião também foi aprovado o aumento preliminar nas tarifas da Energisa Mato Grosso do Sul (EMS). A empresa atende a 1 milhão de unidades consumidoras em 73 municípios do estado. O aumento proposto é de 8,41% na conta dos consumidores residenciais e de 11,82% para as indústrias.
No Rio Grande do Sul, a Annel aprovou a revisão preliminar das tarifas da RGE-Sul Distribuidora de Energia S.A, que atende a 1,3 milhão de unidades consumidoras localizadas em 118 municípios das regiões metropolitana e centro-oeste do estado. O reajuste previsto é de 23,28% para os consumidores residenciais e de 25,34% para os industriais.
A Aneel aprovou ainda um aumento de 15,15% para as tarifas de energia da CPFL Paulista. Para os consumidores residenciais, o aumento proposto é de 15,77%. Para os consumidores industriais, de 14,06%. A distribuidora atende a mais de 4 milhões de consumidores, em 234 municípios do interior do estado de São Paulo.
Da redação com Agência Brasil

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *