“Cozinhando o grilo”

Escrito por:
Dodge assumiu a PGR, por escolha de Temer
(Arquivo/PR)

Ontem venceu o prazo para apresentação de denúncia contra Michel Temer (MDB), pela Procuradoria Geral da República (PGR), sobre ele ter recebido vantagem indevida (propina) da Odebrecht, no caso do Porto de Santos.
Em mais uma demonstração de que – dependendo contra quem – não fazem a Justiça ser célere para todos, como deve ser, Raquel Dodge, procuradora-Geral de República, pediu para o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), a suspensão temporária do inquérito elaborado pela Polícia Federal, que aponta – entre outros – indícios de que Temer recebeu R$ 1.438.000,00, através do “laranja” o coronel aposentado da Polícia Militar de São Paulo (PMSP), João Baptista Lima Filho.
A suspensão temporária pedida por Dodge e aceita por Fachin, vai até o fim do mandato do golpista, para somente então, seguir para o Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *