Dia Internacional da Mulher x Feminicídios

Escrito por:
(Internet)

Este dia, deve não somente servir para homenagear a mulher – ainda muito abaixo das condições estendidas aos homens – mas principalmente, servir de reflexão à toda a sociedade quanto aos casos de feminicídio.
Segundo estima a Organização Mundial da Saúde (OMS), ocorrem 5 feminicídios para cada grupo de 100 mil mulheres, no Brasil, com muitas mulheres que sofrem violência de seus maridos ou companheiros, omitindo a situação por que passam por medo de retaliações por parte dos denunciados.
Há de considerar ainda, as denúncias que são feitas aos órgãos inerentes, mas que – em sua maioria – são paliativos.
Parece que as penalidades que vêm sendo criadas para dar um basta nessa situação, não amedrontam os agressores, que – em muitos casos – assassinam suas mulheres, mesmo tendo plena consciência que irão responder pelo crime.
Mas aí, já é tarde e nenhuma das vítimas voltará à vida, que somente a ela pertence.
Todo dia, a imprensa estampa agressões e assassinatos de mulheres, num crescente assustador.
A delicadeza – um dos dons naturais da mulher-, é entendida pelos agressores como fraqueza, o que dá margem a pensarem que ela deve ser submissa. Caso contrário, se julgando donos delas, as colocam em situação vexatória, as agridem, as mutilam, as matam.
O sentimento de posse, se não for contido com toda o rigor da lei, continuará a ser motivo primeiro, para o aumento dos casos de feminicídio, não só no Brasil, mas no mundo todo.
A mulher gosta de receber carinho, amor e atenção.
Mas, principalmente, exige e faz questão de receber, acima de tudo, RESPEITO!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *