E em Rondonópolis?

Escrito por:
Terminal local registra grande  fluxo de pessoas

A Estação Rodoviária Central de Cuiabá foi alvo da Operação de Desinfecção Biológica que vem sendo realizada desde ontem (25) pelo Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, com aplicação de hipoclorito de sódio através de bombas de pulverização e que se estenderá hoje para a Estação Rodoviária de Várzea Grande e amanhã, para o Aeroporto Internacional Marechal Rondon.
Os locais na Capital e em Várzea Grande, que mesmo com a restrição de circulação de pessoas, continuam registrando fluxo de passageiros vindos de outros Estados brasileiros.
Em Rondonópolis, terceira maior cidade do Estado, operação similar deveria ser adotada, em razão de estar localizada no entroncamento das BRs 163 e 364, que demandam às regiões Sudeste e Sul e Norte e Nordeste (respectivamente) e que também registra grande fluxo de passageiros que passam ou desembarcam no Terminal Rodoviário local, vindos das regiões do País, muitos antes da Capital e de Várzea Grande.
Igualmente, o Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco deveria receber tais cuidados, uma vez que recebe, diariamente, pessoas vindas de grandes centros do país, onde há registro consideráveis de casos confirmados de coronavírus.


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *