E o contribuinte pagando as “mordomias”

Escrito por:
Foto: Internet
Foto: Internet

Enquanto o contribuinte assalariado quase se auto-flagela para pagar as “contribuições sociais” e manter , de forma paupérrima suas famílias, os corruptos deitam e rolam com o dinheiro desviado dos cofres públicos.
Em mais um exemplo da “sangria corrupta sistêmica”, o ex-secretário de Administração de Mato Grosso, César Zílio, admitiu a possibilidade de ter usado dinheiro oriundo de propina para construir a sua mansão no Condomínio Florais dos Lagos, em Cuiabá, cuja obra custou R$ 2 milhões.
Segundo a mídia cuiabana, a mansão é uma das mais luxuosas do condomínio e possui mais de 1000 metros quadrados de área construída, distribuída em dois andares, cinco suítes e piscina integrada. Os sistemas de iluminação, som e de ar-condicionado são automatizados. Os lustres, por exemplo, são programados para acender ao detectar a presença do morador. Os materiais, pedras, pisos, vidros e madeira são considerados os mais caros do mercado
Zílio é reu da Operação Sodoma, que apura um esquema criminoso de corrupção e lavagem de dinheiro, praticado entre 2013 e 2014 e relacionado à concessão de incentivos fiscais, por meio do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic), durante o governo de Silval Barbosa (PMDB).

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *