Em mais um golpe, Temer extingue o Fundo Soberano do Brasil

Escrito por:
A dupla do desmanche
(Agência Brasil)

Marco do excedente de riqueza que o Brasil vinha produzindo nos anos de crescimento econômico recorde dos governos Lula, o Fundo Soberano do Brasil (FSB) foi extinto por Michel Temer, por meio de Medida Provisória assinada ontem e publicada hoje, no Diário Oficial da União (DOU).
O Fundo- composto de recursos pertencentes à União (Tesouro Nacional, títulos públicos de empresas como o Banco do Brasil e a Petrobras e outras aplicações financeiras) – que já chegou a ter R$ 19 bilhões de reais, será usado para cobrir despesas do governo golpista, oriundas da Dívida Pública Federal.
O fundo soberano é uma espécie de poupança do governo criada em 2008, em um momento de superávit primário, com objetivo de aumentar a riqueza do país, estabilizar a economia e promover investimentos em ações e projetos de interesse nacional.
MP
A medida é uma das 15 prioritárias, anunciadas em fevereiro, por Temer. A previsão era que isso fosse feito até o final do ano. Mas no início deste mês, o governo já havia resgatado R$ 3,5 bilhões do Fundo Fiscal de Investimentos e Estabilização (FFIE), fundo privado cujos recursos vinham todos do FSB.
Apesar de Temer estar “pulverizando” os recursos nacionais, não se vê reclamações e twittaços de setores da direita e também dos militares, que “mostraram os dentes” quando da votação pelo Superior Tribunal Federal, sobre a prisão de Lula.
Dessa forma, fica aparente a conivência quanto aos desmanche criminoso que o governo golpista está promovendo nas riquezas e reservas brasileiras!
Da Redação com Brasil 247


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *