Em seis meses, Sanear quita dívidas e retoma obras paradas

Escrito por:
Novos projetos serão implantados, diz diretora

Nos primeiros seis meses sob nova gestão, o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) retomou diversas obras paradas no município, quitou dividas que ultrapassavam no total R$ 5 milhões e deu início a investimentos voltados para o atendimento a população.
De janeiro a junho, o Sanear utilizando apenas recursos já existentes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) I e II instalou mais de 5 km de rede de água e 20.5 km de rede de esgoto. Objetivando eficiência e agilidade no serviço, sem comprometer os atendimentos cotidianos da população, as frentes de trabalho passaram de três equipes para 15.
Entre as obras abandonadas nos últimos três anos e que foram retomadas nesse primeiro semestre estão as redes de água das regiões do setor Cidade Alta, antigo Aeroporto, Centro, Verde Teto, UFMT e Vila Salmen. E com relação a rede de esgoto, os trabalhos foram retomados nos bairros Sítio Farias, Vila Goulart, Jardim Morumbi, Maria Tereza, Carlos Bezerra e nesse inicio de julho na Vila Boa Esperança.
A última etapa de terraplanagem da reforma das lagoas da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) também está sendo executada, para que seja colocada a manta de proteção do solo.
Na região central, além da passagem da adutora de 500 mm que irá ligar a Estação de Tratamento de Água (ETA) com o Centro de Reservação do Monte Líbano, foram desativadas redes de cimento de amianto e instalado novos pontos de hidratantes.
Com relação ao atendimento, foi realizada a troca de toda frota do Sanear, através da aquisição de 8 novos carros e até o final do ano, será realizada a aquisição de novos caminhões também. A troca foi necessária, após a administração detectar elevados gastos com manutenção dos veiculos antigos. Além disso, a empresa terceirizada pela coleta de resíduos sólidos em Rondonópolis fez a substituição de todos os caminhões coletores, por veículos novos e mais modernos.
De acordo com a diretora geral do Sanear, Terezinha Souza, estão sendo concentrados esforços para que sejam utilizados todos os recursos disponíveis para o término das obras em Rondonópolis e modernização da gestão, ao mesmo tempo, que projetos para aquisição de novos recursos estão sendo montados.
“Retomamos o plano municipal de saneamento que estava parado e queremos concluir até dezembro, para cumprir a lei e com isso conseguir buscar mais investimentos para Rondonópolis. Nossa intenção é modernizar o Sanear. E para tanto, no início do ano que vem planejamos iniciar a construção da nova sede do Sanear na Rua Dom Pedro, com espaço mais amplo para melhor atender os usuários”, destacou.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *