Empresa confirma a Moro, que Lula não cometeu ilícitos na Petrobras

Escrito por:
2 a 0 para Lula
(Montagem: Bandab)

Depois da PricewaterhouseCoopers – maior empresa de auditoria do mundo – ter isentado, em abril deste ano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de irregularidades na estatal ao longo de seu mandato como presidente, agora foi a vez da auditoria independente KPMG, que respondeu a um requerimento feito pelo juiz federal Sérgio Moro, da Lava Jato, com o mesmo teor.
Comunicado
No comunicado a Moro, a KPMG esclarece, que:
“Em resposta ao ofício supra, a KPMG Auditores Independentes vem, respeitosamente, à presença de V.Excia, esclarecer que, durante a realização de auditoria das demonstrações contábeis da Petrobras, que abrangeu os exercícios sociais encerrados no período de 31.12.2006 e 31.12.2011, efetivada por meio de procedimentos e testes previstos nas normas profissionais de auditoria, não foram identificados pela equipe de auditoria, atos envolvendo a participação do ex-presidente da república (sic), Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, na gestão da Petrobras que pudessem ser qualificados, como representativos de corrupção ou configurar ato ilícito”.
Moro, quer porque quer, achar “chifres em cabeça de cavalo”, como se diz aqui em Mato Grosso!
Com Brasil 247

Continue Lendo


um comentário

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *