Ex-mulher nega ameaça de Bolsonaro

Escrito por:
Cristina nega que tenha sido ameaçada (Reprodução/Vídeo)

Ana Cristina Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro, negou em vídeo ontem que tenha sofrido ameaça de morte por parte do candidato à Presidência da República, depois da publicação de reportagem pelo jornal Folha de S. Paulo, também ontem (25).
De acordo com a reportagem, o Itamaraty registrou ameaça de morte de Bolsonaro a ex-mulher (ocorrida em julho de 2009), o que a teria levado a deixar o país, junto com o filho de ambos, Jair Renan de 12 anos e pedido asilo político na Noruega, em 2011.
À época, ambos disputavam a guarda do filho.

Apesar do relato do Itamaraty, comprovado por documentos e do depoimento de Ana Cristina ao vice-cônsul da embaixada brasileira em Oslo, capital da Noruega, à época, ela nega o contato com a embaixada.
Ana Cristina disputa uma vaga à Câmara Federal nas eleições deste ano, usando o nome Cristina Bolsonaro.
Tentam “tapar o sol com a peneira”, mas não adianta.
A índole de Bolsonaro já está mais do que escancarada!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *