Festeiros da madrugada

PM acabou com a alegria dos festeiros (Reprodução)
PM acabou com a alegria dos festeiros
(Reprodução)

Todos os alertas de que as UTI’s Covid-19 em Rondonópolis, tanto públicas quanto privadas, estão lotadas; que os medicamentos para os pacientes contaminados e que para os que estão intubados, estão escassos; que não há vacinas para todos; e que a variante indiana do coronavírus – de maior contágio e letalidade – já estaria entre nós, parecem não estar sendo suficientes para conter os “sem noção”, que insistem em se aglomerar em “festinhas” pelos bairros da cidade.
Também a possibilidade de serem presos e multados, parece não os intimidar.
Pelo menos é o que aconteceu na madrugada de hoje quando doze pessoas foram detidas no Espaço dos Lírios, no bairro do mesmo nome, em mais uma fase da Operação Dispersão da Polícia Militar, após denúncias feitas ao 190 por moradores do entorno.
Os “festeiros” faziam uso de narguilé, consumiam bebidas alcóolicas e descumpriam as medidas restritivas, quanto ao “toque de recolher”, e sanitárias, sem observar o distanciamento exigido e sem fazer uso de máscara protetora.
Os “festeiros” foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia, onde foram autuados e multados em R$ 500,00, conforme determinam os decretos municipal e estadual.
Numa dessas – além da autuação e da multa- não seria interessante a Justiça determinar que os que se acham “os bons da boca”, como esses, colaborassem com a cidade e participassem de mutirões de limpeza de logradouros públicos?
Pegar na enxada, no rastelo e ou na vassoura, acaba com qualquer teimosia, rapidinho.
Fica a sugestão!