“Furdunço” à vista

Valdemir diz que não arreda pé das acusações
Valdemir diz que não arreda pé das acusações

Os lances das acusações feitas no final de semana nas redes sociais, pelo radialista e apresentador de TV Valdemir Costa contra o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), em relação ao “imbróglio” que teria ocorrido na Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), durante sua primeira gestão, prometem capítulos picantes.
Nas acusações, Valdemir Costa acusa Zé Carlos de ter utilizado recursos da Coder para pagamento de empréstimo no valor de R$ 10 milhões para ser quitado em 48 parcelas, contraído junto ao ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, que teriam servido para bancar sua campanha à Prefeitura de Rondonópolis, nas eleições de 2008.
Dois anos depois, o assunto veio à tona e foi cogitada a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) pela Câmara Municipal de Rondonópolis, que acabou virando em pizza, como o que aconteceu na sessão extraordinária do Poder Legislativo na última sexta-feira (22), quando a CEI sobre as aquisições emergenciais e de ventiladores pulmonares foi arquivada, apesar da maioria da população exigir sua abertura.
A indignação de Valdemir Costa pelo arquivamento da CEI na sexta-feira, o fez “por a boca no trombone” sobre o “imbróglio” da Coder em 2010, fazendo com que ele afirmasse em áudio (que pode ser acessado no final da matéria) que o prefeito e os vereadores são “corruptos e canalhas”.
Ontem, Zé Carlos do Pátio registrou Boletim de Ocorrência (BO) contra Valdemir Costa, por calúnia e difamação, para que o assunto passe à Justiça.
Por sua vez, o radialista e apresentador não desmente o teor do áudio e disse não se intimidar com o BO registrado por Pátio e que iria encaminhar hoje, dia 25, ao Ministério Público, as provas das acusações feitas.
Sobre a possibilidade de vir a sofrer alguma retaliação, Valdemir Costa afirma que não volta atrás nas acusações que fez e avisa: “Se eu chegar a morrer aqui em Rondonópolis não de uma causa natural, só tem uma motivação: é saber demais sobre esses ladrões, sobre esses covardes, que estão administrando esta cidade”.
Acesse o áudio, abaixo: