Governo censura filme por elenco ter protestado contra o golpe

Escrito por:
images-cms-image-000513480
Atores de Aquarius protestaram em Cannes

O Ministério da Justiça determinou que o filme Aquarius, do cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho, fosse classificado como impróprio para menores de 18 anos, sob a alegação de que a película possui “situação sexual complexa”.
O elenco do filme, estrelado por Sônia Braga, promoveu um protesto, durante o Festival de Cannes, na França, em maio último, onde os atores exibiram cartazes condenando o golpe parlamentar em curso no Brasil, visando depor a presidente eleita Dilma Rousseff e em defesa da democracia. O ato ganhou as capas de vários jornais estrangeiros.
A censura ao filme foi questionada pela distribuidora Vitrine Filmes, que recorreu à Justiça, pedindo a reclassificação da película. O pedido foi negado hoje.
Os produtores alegam que o filme não contém atos de violência e a sexualidade aparece em apenas três momentos do longa-metragem.
Aquarius foi eleito por unanimidade vencedor na categoria “Melhor filme” no Festival de Cinema de Sydney, em junho desse ano.
Voltamos aos velhos tempos da Ditadura? Do autoritarismo?
Ao invés de irmos para a frente estamos retrocedendo com esse governo golpista, bem ao gosto dos que acham que são donos do Brasil!
Com Brasil 247

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *