Grampos: Desembargador prenuncia notícias mais graves

Escrito por:
Presidente do TJMT, rui Ramos
(TJMT)

Segundo a coluna Fogo Cruzado de ontem, do portal Gazeta Digital, Mato Grosso não será mais o mesmo após o escândalo, envolvendo grampos ilegais e primeiro escalão do Palácio Paiaguás – sede do governo do Estado.
Conforme a coluna, nos corredores do Tribunal de Justiça (TJ) a informação é de que as escutas atingiram mais pessoas, incluindo autoridades de toga, que não estariam nada felizes com a invasão de privacidade.
A contar pela declaração incisiva do presidente do TJMT, Rui Ramos, que comparou o esquema ao escândalo norte-americano “Watergate”, há muito mais por vir à tona.
Watergate derrubou o presidente Nixon nos Estados Unidos e vale lembrar que o desembargador é muito comedido em suas entrevistas mas, desde o início da semana, tem ressaltado que a escuta feita pelo governo “é sistêmica”.
Com os ares de limpeza geral que sopram no País, vai sobrar prá muita gente “fina e boa”.
Ah, vai!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *