Identidade digital estará disponível no segundo semestre

Escrito por:
(Reprodução)

O novo Documento Nacional de Identidade (DNI) – um aplicativo de celular que reúne documentos como a identidade, o CPF e o título de eleitor em um único QR Code – que ainda está em fase de testes, deverá estar à disposição do cidadão que já possui cadastro biométrico na Justiça Eleitoral, até o final deste ano.
Criado pela lei 13.444, em vigor desde maio de 2017, o documento já é válido como documento de identificação e é mais seguro que a identidade atual, porque acaba com a possibilidade de se tirar uma carteira de identidade em cada estado e reduz fraudes, assinala o Comitê Gestor de implantação.
Inicialmente servidores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) puderam baixar o documento, seguidos pelos do Senado e da Câmara. O próximo passo é estender o documento para o estado do Paraná, onde 90% da população já tem cadastro biométrico na Justiça Eleitoral.
O Comitê Gestor também anunciou que, gradativamente, serão incluídos outros documentos no aplicativo, no sentido de evoluir o cadastro para o reconhecimento facial.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *