Informe Geral

De acordo com os dados constantes no Boletim Epidemiológico de hoje (16) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a situação geral do coronavírus em Rondonópolis, é a seguinte:
Casos confirmados: Passaram de 5.811 para 5.890 (+79) desde o início da pandemia, estando 359 em isolamento domiciliar e 87 hospitalizados
Recuperados: Aumentaram de 5.134 para 5.228 (+94)
Casos suspeitos: Aumentaram de 1.868 para 1.991 (+123), estando 1.960 em monitoramento e 31 hospitalizados
Descartados: Aumentaram de 9.190 para 9.366 (+176)
Óbitos: Aumentaram de 213 para 216, sendo até agora: Um, de 6 a 18 anos; sete, de 19 a 35 anos; 50, de 36 a 55 anos; 115, de 56 a 80 anos; e 43, acima de 81 anos.
Os três óbitos registrados nas últimas 24 horas, envolveram: ontem – *um homem de 66 anos, ocorrido na Santa Casa e um idoso de 84, por Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), no Hospital Regional; e hoje – *um idoso de 81 anos, ocorrido na Santa Casa.
* Comorbidades em investigação
Situação de casos por bairros
Neste link http://covid.roo.ufmt.br/painel-roo, poderá ser visualizada a situação epidemiológica (casos confirmados, suspeitos, curados, óbitos e descartados) por bairros, levantada pela Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).
Leitos ocupados
UTI’s
Rede pública: De 12 leitos, 13 estão ocupados – Sobrecarga de 108.3%
Rede privada: De 16 leitos, 28 estão ocupados – Sobrecarga de 175.0%
Dos 28 leitos de UTI das duas redes, 41 continuam ocupados – Sobrecarga de 146.4%
Enfermarias
Rede pública: De 76 leitos existentes, 49 estão ocupados – 64.5%
Rede privada: De 33 leitos, 26 estão ocupados – 78.8%
Semi-intensivos UPA: De 10 leitos, 4 estão ocupados – 40%
Disponibilidade
Em consulta ao Sistema INDICASUS e ao Programa de Monitoramento, às 16h, um leito de UTI da Santa Casa, um leito de UTI do Hospital Regional e onze leitos de UTI do Hospital Unimed, superaram a capacidade exclusiva/disponível, informada anteriormente à SMS.
Ainda de acordo com o INDICASUS, existem seis leitos de UTI* (semi-intensivo/estabilização) disponível na UPA.
Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis