Informe Geral

Hoje (13), ocorreram em Rondonópolis mais duas mortes e a confirmação de uma terceira ainda no dia 11 (totalizando três) por Covid-19, aumentando para 111 o número de vítimas fatais, desde o início da pandemia de coronavírus.
De acordo com os dados constantes no Boletim Epidemiológico de hoje (13) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a situação geral da Covid-19 no município, é a seguinte:
Casos confirmados: Passaram de 3023 para 3.112 (aumento de 89 casos), estando 1.302 em isolamento domiciliar e 72 hospitalizados.
Recuperados: 1.627
Óbitos: Passaram de 108 para 111, sendo até agora: Um, de 6 a 18 anos; cinco, de 19 a 35 anos; 27, de 36 a 55 anos; 63, de 56 a 80 anos; e quinze, acima de 81 anos.
O óbito ocorrido no dia 11 (sábado) e confirmado hoje, envolveu um homem de 71 anos, por hipertensão, que estava internado no Hospital Regional.
Os outros dois ocorreram hoje (13) e vitimaram, também, dois homens: um, de 39 anos, por lúpus eritematoso sistêmico; e outro, de 82 anos, por hipertensão e problemas cardiovasculares, que estavam internados na Santa Casa.

Casos suspeitos: Passaram de 1.784 para 1.827 (aumento de 43 casos), com 1.761 em monitoramento e 66 hospitalizados.
Descartados: 4.480
Situação de casos por bairros
Neste link http://covid.roo.ufmt.br/painel-roo, poderá ser visualizada a situação epidemiológica (casos confirmados, suspeitos, curados, óbitos e descartados) por bairros, elaborada pela Universidade Federal de Rondonópolis (UFR).
Leitos ocupados
UTI (rede pública): De 22 leitos, 23 estão ocupados – Sobrecarga de 104.5%
UTI (rede privada): De 16 leitos, 31 estão ocupados – Sobrecarga de 193.8%
Dos 38 leitos de UTI das duas redes, 54 estão ocupados – Sobrecarga de 142.1%
Enfermaria (rede pública): De 76 leitos existentes, 42 estão ocupados (55.3%)
Enfermaria (rede privada): De 33, 42 estão ocupados – Sobrecarga de 127.3%
Disponibilidade
Em consulta ao Sistema IndicaSUS às 16:28h, dois leitos de UTI do Hospital Regional; três leitos de UTI da Santa Casa; e doze leitos de UTI do Hospital Unimed (que como na UPA insere na contagem dos leitos de UTI, alguns leitos complementar semi-intensivo/estabilização ) superaram a capacidade exclusiva/disponível, informada anteriormente à SMS.
Também pelo Sistema IndicaSUS e pelo Censo Hospitalar, existem um leito de UTI *(semi-intensivo/estabilização) na UPA.
Ainda conforme o Sistema IndicaSUS, três moradores de Rondonópolis continuam hospitalizados em UTIs de outros municípios de Mato Grosso.
Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis