Joanna Maranhão devolve na “lata”, para Luciano Huck

Escrito por:
Joanna mandou recado para Huck
(Foto: Brasil 247)

A nadadora olímpica, a pernambucana Joanna Maranhão criticou hoje em sua página no Twitter, o apresentador de TV Luciano Huck, que defendeu que é hora de sua geração “assumir os espaços de Poder”, numa alusão de ser lançado candidato a Presidente, com apoio dos partidos de direita, tendo à frente o PSDB.
A nadadora, que faz parte de geração mais nova que a do apresentador, rebateu: “Luciano Huck diz que é hora da geração dele, ocupar os espaços do Poder. Amore, vocês já estão no Poder. Há séculos!”, frisou a atleta.
Projeto “Luciano Huck, o retorno da direita”
Segundo o site Brasil 247, o último recurso da direita brasileira para enfrentar o ex-presidente Lula em 2018 ou antes, caso Michel Temer seja cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a pressão popular garanta diretas já, Luciano Huck seria o “retorno ao Poder”.

(Foto-montagem: Brasil 247)

O projeto, que tem o aval do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), nasceu em 2011, com uma capa da revista Veja, chamada “a reinvenção do bom-mocismo”, mas foi logo abortada diante das fragilidades de Huck, sempre muito próximo de personalidades como Sergio Cabral, Eike Batista e Aécio Neves.
“Bonzinho”
“Agora”, continua o site, “como o que sobrou à direita após o golpe, foram Jair Bolsonaro e João Doria, o novo Jânio Quadros, FHC tenta testar novos nomes para evitar o colapso de seu partido. Os atributos de Huck, depois da deslegitimação da política, seriam sua base de seguidores no Twitter e o fato de, supostamente, ser “bonzinho”.
Huck – que é de descendência judia – deveria se mirar no exemplo dado pela Comunidade Judaica de São Paulo (leia a matéria do blog, aqui), que suspendeu no final de fevereiro a palestra que seria dada por Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no início deste mês, apoiada por postagens nas redes sociais e um abaixo-assinado com 2.700 assinaturas, que pediu o cancelamento do evento, por conta dos valores defendidos pelo deputado federal.
Huck, segundo o projeto, seria a opção da direita para fazer frente a Lula.
Nem vou comentar, sobre isso!
Com informações Brasil 247

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *