Joesley Batista: “Aécio recebia mesada de R$ 50 mil da JBS”

Escrito por:
Tucano recebia mesada polpuda
(O Cafezinho)

Em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR) esta semana, o empresário Joesley Batista (JBS) afirmou que pagou, por dois anos, uma mesada de R$ 50 mil para o senador Aécio Neves (PSDB-MG).
Os valores, segundo o jornal Folha de São Paulo, eram feitos através da Rádio Arco Íris – afiliada da Jovem Pan – de Belo Horizonte (MG), da qual o Aécio Neves era sócio.
Conforme o jornal paulistano, Joesley revelou que os pagamentos foram solicitados por Aécio em “para custeio mensal de suas despesas”.
Como prova, o empresário entregou à PGR 16 notas fiscais emitidas entre 2015 e 2017 pela emissora de rádio, cuja descrição dos serviços são de publicidade mensal no “patrocínio do Jornal da Manhã”, que juntas totalizam R$ 864 mil.
O advogado de Aécio Neves, Alberto Toron, negou ilegalidade no repasse dos recursos e que Aécio tenha solicitado recursos para custear despesas pessoais, afirmando que Joesley se aproveita de uma “relação comercial lícita” para “forjar mais uma falsa acusação”.
A “santidade” do tucano, é de causar assombro!


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *