Jornalismo brasileiro perde dois grandes profissionais

Escrito por:
Geneton Moraes
Geneton Moraes

O jornalismo brasileiro perdeu dois nomes de expressão, cada um ao seu estilo.
No final da tarde de ontem, morreu o jornalista e escritor Geneton Moraes Neto (60 anos), vítima de um aneurisma dissecante na aorta. Ele estava internado desde maio na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro.
Com mais de 40 anos de carreira no jornalismo, o pernambucano Geneton era um apaixonado pelo exercício da reportagem, função que ele afirmava ser a “realmente importante” no jornalismo. Teve destaque na Rede Globo de Televisão.

Goulart de Andrade
goulart_de_andradeE na madrugada de hoje, morreu o jornalista Goulart de Andrade, aos 83 anos, em São Paulo. O jornalista sofria de problemas no sistema cardiorrespiratório, que foram agravados nos últimos dias. Carioca, Goulart de Andrade tinha 61 anos de profissão, nos quais atuou como jornalista, publicitário, radialista, ator, diretor de cinema e TV e também como empresário de comunicação. Trabalhou inicialmente na TV Globo SP, mas foi na TV Record que ficou conhecido, por seu famoso programa Comando na Madrugada.


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *