Limpeza ao “pé da letra”?

Escrito por:
Algumas árvores foram preservadas

O internauta Luciano Paym encaminhou ao Blog Estela Boranga comenta, imagens que mostram o corte e retirada de árvores no “trevinho” existente na rua José Barriga com a rua Ariadne Feltrin Campos, na região da Vila Aurora, em Rondonópolis, para que – segundo moradores próximos ao local – seja implantada uma praça com academia popular.
Os moradores, diz ele, questionam se foi previamente analisada a possibilidade de se preservar todas as espécies nativas, antes de se efetuar o corte a retirada das mesmas.
Para que não pensem que a ação de limpeza e revitalização de praças da cidade, levada a efeito no dia 07 deste mês pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) com o apoio de quase dois mil desbravadores foi levada ao “pé da letra”, o blog manteve contato com o secretário municipal de Meio Ambiente, João Fernando Copetti Bohrer, para saber o motivo da ação no local citado pelo internauta.

Algumas árvores foram arrancadas, porque ofereciam perigo de queda

Ele informou que a retirada e corte de galhos de algumas árvores foi feita pela Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) sem a devida e antecipada autorização pela Semma, mas que isso deve ter acontecido devido ao perigo que ofereciam, pelo fato de as raízes estarem na superfície e portanto, estando quase soltas, cuja queda seria iminente se sofressem a ação de ventos fortes, oferecendo perigo à população.
(Imagens: Luciano Paym)

 

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *