Mais um aumento à vista

Escrito por:
Reajuste deve ser repassado ao consumidor

Com alta acumulada de 2,8% este ano, o preço do botijão de gás de cozinha residencial de 13 kgs (GLP-P13) foi reajustado hoje, pela Petrobras, em 8,5% nas refinarias, passando a custar R$ 25,07 para as distribuidoras de todo o país, significando um reajuste de R$ 1,97 por botijão, que deverá ser repassado para o “lado mais fraco da corda”, os consumidores.
Reajustados trimestralmente, os valores foram reduzidos em janeiro e abril e aumentados em julho e agora, em novembro.
Em comunicado, a estatal explica que a revisão no valor se deve à desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).
De acordo com o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), o preço do produto para uso doméstico deve ser “inferior” e “diferenciado” aos praticados para o GLP com outras finalidades, pelo seu “interesse para a política energética nacional”.
Na maioria dos estados brasileiros, os preços aos consumidores, atualmente – sem contar o reajuste anunciado hoje -, já ultrapassa os 120 reais.
E haja lombo, prá “guentar” os laçaços !!!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *