Mais um destaque da ministra Damares Alves

Escrito por:
A “viagem na maionese” já vem de há muito
(Arquivos/AFP)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Jair Bolsonaro (PSL), a cada dia que passa, tem acrescentado ao seu currículo, mais assuntos polêmicos.
Não bastasse a citação de que viu Jesus na goiabeira e que meninos devem vestir azul e meninas rosa, Damares Alves, em 2013, comenta em vídeo (veja abaixo) do Jornal Nacional sobre Ciência, Igreja e Educação, lamentando que a igreja evangélica tenha perdido espaço nas escolas para a Ciência.
“A igreja evangélica perdeu espaço na história. Nós perdemos o espaço na Ciência, quando deixamos a Teoria da Evolução entrar nas escolas; quando nós não questionamos; quando nós não fomos ocupar a Ciência. A igreja evangélica deixou a ciência para lá e aí cientistas tomaram conta dessa área”, afirma a ministra no vídeo.
Vale lembrar, que a Teoria da Evolução foi desenvolvida por Charles Darwin – naturalista inglês, que desenvolveu uma teoria evolutiva, que é a base da moderna teoria sintética: a teoria da seleção natural ou das espécies, em que os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes.
Como não poderia deixar de ser, a declaração da ministra teve grande repercussão entre educadores e também nas redes sociais.


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *