Manifestante baleado em Brasília continua em estado grave

Escrito por:
É grave o estado de saúde do manifestante
(Reprodução/O Globo/ TV)

O mineiro Carlos Giovani Sirilo (61), que foi baleado durante o protesto contra o governo de Michel Temer (PMDB), na quarta-feira (24), continua internado em estado grave na UTI do Hospital de Base, em Brasília. Ele está sedado e respira com a ajuda de aparelhos.
Sirilo foi atingido por um tiro de arma de fogo no maxilar, que partiu não se sabe de onde. Entretanto, policiais militares foram filmados atirando na direção da multidão, durante confronto na Esplanada dos Ministérios.
Saldo negativo
O protesto terminou com 49 manifestantes feridos, oito detidos e sete ministérios depredados.
O confronto entre policiais e manifestantes durou mais de quatro horas, em que voaram pela Esplanada bombas de gás lacrimogêneo e efeito moral, pedras, garrafas e até barras de metal arrancadas das grades de proteção.

PM usou armas de fogo contra os manifestantes
(Folha/UOL)

Os policiais também usaram spray de pimenta, cassetetes e, em alguns casos, que segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal será investigado o uso de armas de fogo.
Com informações O Globo/Folha de SP


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *