Manipulação sórdida

Escrito por:
Pesquisas não retratam a verdade
(Globo)

Na tentativa de desacreditar Fernando Haddad – candidato a Presidente pelo PT, caso Lula seja impedido pelo STF de participar das eleições – a Rede Globo e o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), esconderam e manipularam resultado da pesquisa divulgada na noite de ontem, quarta-feira.
As “maracutaias” da Globo e do Ibope, culminaram com: 1) resultado do questionário com Lula foi censurado; 2) Indicação dos partidos dos candidatos foi omitida; 3) resultado da pesquisa espontânea não foi divulgado; 4) o resultado do questionário sobre transferência de Lula para Haddad não foi divulgado e saiu apenas de madrugada, escondido numa reportagem no Estado de São Paulo e indica que potencial de voto em Haddad saltou de 27% para 39%, sendo que 22% dos eleitores afirmam votar nele com certeza absoluta.
Desde a terça-feira (4), são fartas as evidências de que a Globo tenta manipular os resultados da pesquisa eleitoral que encomendou ao Ibope: prorrogou a divulgação dos resultados alegando que devido à impugnação da candidatura de Lula pelo TSE, não teria aplicado o cenário que continha Lula como opção, condição prevista no registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foi o que se viu na divulgação no Jornal Nacional e nas mídias conservadoras na noite desta quarta.
A informação mais importante da pesquisa foi omitida e acabou saindo apenas na manhã de hoje (6), escondida numa matéria do Estado de São Paulo: a parcela dos eleitores que afirmam que votariam “com certeza” no ex-prefeito subiu nove pontos porcentuais, de 13% para 22%, desde 20 de agosto. E os que “poderiam votar” passaram de 14% para 17%. Ou seja: o potencial de voto do Haddad saltou de 27% para 39%.
Da Redação com Brasil 247

 


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *