Marcelo Rezende é diagnosticado com câncer no pâncreas e no fígado

Escrito por:
Marcelo iniciou tratamento quimioterápico
(Reprodução)

Em entrevista ontem à noite ao Programa Domingo Espetacular da TV Record, o jornalista Marcelo Rezende (65), apresentador do programa policial “Cidade Alerta” da mesma emissora, revelou que está com um tumor no pâncreas, que se disseminou para o fígado.
O apresentador do “Cidade Alerta”, que estava internado no Hospital Albert Einstein na capital paulista desde o dia 08 deste mês, disse estar confiante: “O homem não foi feito para ter medo. O homem que tem fé não tem medo. Ele sabe que vai vencer”, afirmou.
Sintomas
O apresentador conhecido pelos bordões “corta para mim” e “comandante Hamilton” descobriu a doença há cerca de um mês. O primeiro sintoma, contou, foi acordar muito cansado em um dia que chegou a abrir um vinho, mas perdeu a vontade de tomar. “O segundo sintoma: quando acordei, ia na padaria comer um pão com queijo, na sexta-feira. Mas, quando acordei, não quis ir”, relembrou. A falta de apetite e a aversão ao vinho, uma espécie de ritual dele, acenderam o sinal de alerta. Na semana seguinte, ele foi submetido a exames que identificaram o câncer. Dias depois, recebeu o diagnóstico.
Ele explicou que está se empenhando em acalmar sua família, principalmente os filhos. “Tenho cinco filhos. De cinco ex-esposas. Quem vence cinco ex-esposas, cinco ex-sogras, vence qualquer coisa”.
Durante toda a conversa, o jornalista reiterou que não sente aflição nem desespero. “Estou com cara de doente? Sabe por que não? Porque não quero ser doente. Não vou ser doente. O homem que tem fé sabe que vai vencer”.
Aos fãs, ele fez um pedido: “será importante essa comunhão do amor que vai fazer com que eu saia dessa mais forte ainda. Orem por mim”.
Marcelo já está se submetendo a tratamento de quimioterapia.
Da Redação com Catraca Livre

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *