Mesa Diretora: Claudio é eleito presidente e Pimentel pode ser expulso

Escrito por:
Claudio da Farmácia será o novo presidente, a partir de 2018

Confirmando a decisão da sessão ordinária da semana passada, que por maioria teve aprovada a antecipação em um ano da eleição da nova Mesa Diretora, aconteceu hoje às 08 horas, a eleição da nova composição, que irá comandar os destinos do Legislativo rondonopolitano, pelos próximos três anos.
Do grupo dos 14, que articulou a “virada de mesa” – Claudio da Farmácia, Adonias Fernandes e Thiago Silva (PMDB); Jailton do Pesque Pague, Subtenente Guinâncio e Rodrigo da Zaeli (PSDB); Fábio Cardozo e Thiago Muniz (PPS); Sidnei Fernandes (PDT); Roni Magnani e Elton Mazette (PP); Bilu do Depósito de Areia (PRTB); Vilmar Pimentel (SD); e Helio Pichioni (PSD) – somente Mazette esteve ausente à votação, alegando estar em viagem ao Nortão do Estado.
Abstenções
Com isso, a chapa única (Presidente: Claudio da Farmácia (PMDB); 1º Vice: Roni Magnani (PP); 2º Vice: Bilu (PRTB); 1º Secretário: Vilmar Pimentel (SD); 2º Secretário: Helio Pichioni) foi eleita com 13 dos 21 votos, se registrando 7 abstenções – Orestes Miraglia, Juary Miranda e Batista (SD); João Moto-Táxi e Beto do Amendoim (PSL); Silvio Negri (PC do B); e Roni Cardoso (PRTB).
A ausência de Mazette não foi bem digerida pelo grupo que não aceitou essa viagem de “última hora”, aparentando de que foi uma forma de “fugir da raia, à francesa”, para não se comprometer. E isso, poderá lhe trazer dissabores, junto aos “colegas”.
Também o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) deverá passar por dificuldades maiores, a partir de 1º de janeiro, já que as “hostilizações” prometem ser bem mais duras, do que as que vinha recebendo da atual Mesa Diretora.
Expulsão
A adesão de Vilmar Pimentel, do Solidariedade, ao grupo dos 14 – bem como ter sido eleito 1º secretário da futura Mesa Diretora – poderá redundar em sua expulsão da sigla, caso assim decida o Conselho de Ética nacional, que deverá analisar a questão a partir de agora e em 30 dias proferir a decisão.
O blog conversou agora há pouco com o presidente municipal do SD, Valdir Corrêa, que já está em Brasília, onde deverá se reunir com o presidente do Conselho de Ética, Flávio Aurélio Nogueira Júnior, na quarta-feira (20), para apresentar um relatório dos acontecimentos e invocar a tomada de medidas com base no Estatuto partidário.
Vilmar terá direito a defesa e somente depois disso, é que o Conselho de Ética se pronunciará.
Pimentel seria reincidente em contrariar decisões do coletivo partidário e ao que tudo indica, poderá sofrer a expulsão da sigla.
Na contramão também ficam o PRTB e o PSD, já que os vereadores Bilu do Depósito de Areia, foi eleito para a 2ª vice-presidência e Helio Pichioni para a 2ª secretaria, respectivamente, devido aos partidos a que pertencem, estarem ocupando Secretarias na gestão de Zé Carlos do Pátio.
2018 promete ser quentíssimo!

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *