MPE confirma novas operações contra corrupção em 2017

Escrito por:
MPE intensificará ações do Gaeco (Foto: Internet)

O procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, Paulo Prado – que será substituído na chefia do Ministério Público Estadual, em março, pelo  promotor de Justiça, Mauro Curvo – confirmou que novas operações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), serão executadas, este ano, em Mato Grosso.
Paulo Prado, adiantou que além de novas ações, também estão previstos desdobramentos de operações iniciadas pela instituição, em 2016. “Várias ações vão acontecer neste ano. Vai haver desdobramento e continuidade. Vai ser um ano de inúmeras operações, resultantes desse trabalho em conjunto com a Polícia Civil, hoje nós temos dois delegados no Gaeco, Polícia Militar e quatro promotores de Justiça”, contou, durante entrevista ao site “Mato Grosso Mais”.
Segundo o chefe do MPE, seu substituto pretende reforçar ainda mais o Gaeco, “colocando, provavelmente, mais um ou dois promotores para dar continuidade e reforçar a equipe nesses processos”, revelou.
Paulo Prado comentou também, sobre ações de combate à corrupção, realizadas durante sua gestão à frente do órgão. “Implementamos um novo espaço físico do Gaeco, provavelmente o mais moderno do Brasil. Reforçamos as ações, junto aos colegas do Patrimônio Público e junto com a promotoria contra os crimes da administração pública”.
Encerrando, o procurador destacou que no ano passado, o Ministério Público propôs, em todo o Estado, 987 ações civis públicas, sendo 190 na defesa da cidadania, 550 na defesa do meio ambiente e 247 na defesa do patrimônio público.
A sociedade mato-grossense, em especial a do interior do Estado, espera que o MPE e o Gaeco reforcem suas ações, cujas evidências de corrupção no trato com a Coisa Pública, saltam aos olhos.
Com Folhamax

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *