MT registra 26 enfermeiros mortos por Covid-19

(Ilustrativa/Scarlett Rocha/Esquerda Online)
Profissionais se contaminam e morrem em trabalho (Ilustrativa/Scarlett Rocha/Esquerda Online)

Com o falecimento de um enfermeiro de 54 anos na noite do dia 05, em Várzea Grande, que prestava serviços no Pronto Socorro de Cuiabá e no Hospital Metropolitano, na vizinha cidade, chega a 26 o número de profissionais da categoria – que agrega ainda, técnicos e auxiliares –  que perderam a vida nas frentes de combate à pandemia de coronavírus, em unidades hospitalares de Mato Grosso, conforme levatamento do Conselho Regional de Enfermagem (Coren).
Contaminados
De acordo ainda com a entidade classista, até agora 781 profissionais da área foram contaminados, em razão de estarem diretamente em contato com pessoas contaminadas pela doença, em seu ambiente de trabalho.
E ainda há quem subestime a doença e continue a “bater pernas por aí”, sem usar máscara de proteção facial, como vem acontecendo em grande parte dos bairros de Rondonópolis.