Nepotismo virou moda

Escrito por:
Prefeito também é alvo do MPE por nepotismo
(Gazeta MT)

Paralelamente à ação por nepotismo interposta na Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra o presidente da Câmara Municipal de Itiquira – MT, o Roni da Van (PSD) (leia matéria publicada ontem), também o prefeito da cidade, Humberto Bortolini (PSD), o Betão, está sendo alvo de ação similar pelo MPE, por nomear parentes consanguíneos como secretários municipais.
Após a Justiça determinar o afastamento, foram exonerados a secretária de Administração, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, que é irmã do prefeito e os secretários municipais de Infraestrutura e Obras e o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, seus sobrinhos, além de mais duas pessoas.
Humberto Bortolini teve negado recurso impetrado junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que manteve a liminar, determinando o afastamento de seus parentes dos cargos públicos.
Em sua decisão, o juiz Márcio Rogério Martins destacou que, “A Administração Pública não é negócio de família, devendo seus servidores, em ‘lato sensu’, serem nomeados e contratados por merecimento e notadamente reconhecida sua qualidade técnica, não por laços familiares e afetivos para com os administradores públicos, que criam privilégios desleais para com os demais, fazendo com que tais nomeações colidam aos princípios que regem o Direito Administrativo em um todo, como princípio da eficiência, moralidade, isonomia e impessoalidade”.
Humberto Bortolini é irmão do ex-prefeito daquela cidade e atual deputado estadual (que foi reeleito) pelo PSD, Ondanir Bortolini, o Nininho.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *