Novo habeas corpus de Lula será julgado hoje

Escrito por:
Ministros julgarão o novo habeas corpus
(Valter Campanato/Agência Brasil)

Em mais uma tentativa de libertar Lula da prisão, um novo habeas corpus impetrado pela defesa de Lula, será julgado hoje à tarde, pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).
O ex-presidente cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde o dia 7 de abril deste ano, após ter sua condenação confirmada pelo Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), sob a acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
O julgamento, que começará às 14h, será feito pelo colegiado composto pelos ministros Edson Fachin – relator do pedido -, Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, que preside a Segunda Turma da Corte.
Parcialidade
A defesa de Lula argumenta que a indicação do ex- juiz federal Sergio Moro – responsável pelos processos da Lava Jato na 13ª Vara Criminal de Curitiba – para o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro demonstra parcialidade do ex-magistrado e também que ele agiu “politicamente”. Os advogados querem que seja reconhecida a suspeição de Moro para julgar processos contra o ex-presidente e que sejam considerados nulos todos os atos processuais, que resultaram na condenação no caso do triplex de Guarujá (SP).
Aliados inseguros
Apesar de muitos acreditarem que o resultado do julgamento será de 3 votas a 2 pró-Lula, outros já trabalham com a hipótese de mais este habeas corpus ser indeferido, em mais acovardamento do STF.
Da Redação com Agência Brasil
O processo que culminou no encarceramento de Lula, feito de forma apressada por Moro e corroborado pelo TRF4, o tirou da corrida presidencial, dada como ganha, e abriu caminho para Jair Bolsonaro ser eleito.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *