O ex-secretário vai ou não ser acionado?

Escrito por:
Veículo está no mesmo estado
(Foto: A Tribuna MT)

Decorridos mais de três meses do acidente no bairro Santa Cruz em que se envolveu o ex-procurador Geral e ex-secretário Municipal de Transportes e Trânsito, Fabrício Miguel Correa (leia matéria aqui), usando um veículo oficial do Município, o bem público adquirido com recursos dos contribuintes, se encontra estacionado no pátio da Setrat , sem condições de uso e sem que medidas legais ainda não tenham sido tomadas para apontar a devida responsabilidade.
O acidente, como afirmei na matéria,  aconteceu fora do horário de expediente e poderia ser considerado apenas mais um a ser incluído nas estatísticas de acidentes de trânsito que ocorrem, seguidamente, na cidade, não fosse por três detalhes: Fabrício estaria de licença médica do cargo; e conduzindo um veículo (uma Ford Ranger, cujo valor de mercado gira em torno de R$ 103 mil) pertencente à Setrat, provavelmente, sem a devida autorização por Portaria, para que pudesse estar conduzindo veículo da municipalidade, conforme determina a lei.
Preferencial

Fabrício era um dos “intocáveis” da administração Percival
(Foto: Sispmur)

Fabrício trafegava com a Ranger pela rua Francisco Félix e invadiu a rua João XXIII, que é preferencial, acabando por colidir com uma Toyota Hilux e depois com um poste.

Continue Lendo


um comentário

  1. O “Menino de Ouro” do Perci, o “sabe tudo”, então Secretário de Trânsito e Transportes só não sabia de uma das mais elementares norma para condução de veículo automotor. Esse sujeito precisa reparar o dano causado a um patrimônio público. “Pau que bate em chico, bate em Francisco”, no caso em tela, em FABRÍCIO.

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *