Objetivos do projeto Panorama das Artes Mato-Grossenses

Escrito por:
Laudenir falou sobre os objetivos
Laudenir Gonçalves falou sobre os objetivos

No final da tarde de ontem foi lançado em Rondonópolis, o projeto Panorama das Artes Mato-Grossenses (PAM), com o tema “Re-descobertas”, no Espaço Cultural do Casario, que contou com membros do segmento, autoridades, convidados e órgãos de imprensa.
O blog Estela Boranga comenta esteve presente prestigiando o ato e numa rápida entrevista com o curador da mostra, Laudenir Antonio Gonçalves – professor universitário e membro da Associação Brasileira dos Críticos de Arte -, nos colocamos a par dos objetivos do evento, mais detalhadamente.
Segundo ele, o projeto busca promover a democratização do acesso aos bens culturais, favorecendo a formação de um público receptivo, “não só às artes plásticas, mas também à música, ao grafite, às danças e a outras linguagens artísticas”, frisou ele, enfatizando que a visitação do público, viabilizará uma interação com os artistas, “que darão informações e explicações, sobre suas obras. Enfim, busca-se a socialização efetiva, abrindo espaço a todos: artistas e sociedade”, disse ele.
O despertar do gosto pelas artes, de um modo geral, é objetivo do projeto, que propiciará acesso aos adolescentes e jovens de Rondonópolis, sobretudo às crianças das escolas que compõem a Rede Municipal de Ensino, “as quais visitarão a mostra e poderão conversar com os artistas, obtendo maiores informações sobre cores, técnicas e outros”, concluiu o curador.
Paralelamente, o projeto visa mapear os artistas mato-grossenses e levá-los a interagir com o grande público, para que se tornem conhecidos também, fora do circuito das artes.

O secretário Municipal de Cultura, Luciano Carneiro, considera uma importante oportunidade para os artista e a população, a realização de evento desse porte. “Trata-se de mais uma ação de valorização das artes de Rondonópolis, ressaltando a cidade como polo criativo do segmento artístico de Mato Grosso, favorecendo o intercâmbio cultural entre os participantes e a comunidade”.
Artistas
Panorama das artes Mato - grossense 02O projeto homenageia o artista plástico Wander Melo, pelos mais de trinta anos de atuação no campo das artes plásticas e conta com a participação de sete artistas locais, de várias vertentes da arte, como Tânia Prado, Marlene, Touva, Paulo Pires, Djalma Santos, Sebastião Veloz, Valcides Arantes e Mando Nunes, que receberam kit de materiais para desenvolvimento de seu trabalho artístico.
Programação
O evento será realizado no período de 07 a 11 de setembro próximo e além da participação dos artistas mencionados, também contará com apresentações da Orquestra Sinfônica Jovem da Prefeitura de Rondonópolis; de grupos afro-religiosos, que realizarão a segunda edição do Tambores da Independência, mostrando ao público a participação e contribuição do negro na história brasileira; e da performance do grafiteiro cuiabano Baboo 678, no dia do encerramento.
O projeto já foi realizado em Várzea Grande e depois de Rondonópolis será levado a Barra do Garças, Sorriso e Alta Floresta, se encerrando em Cuiabá no próximo ano.
O evento é promovido pela Associação Cuiabana de Belas Artes (Acuba) e se tornou possível, em razão da apresentação de uma emenda parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado, pelo deputado Gilmar Fabris (DEM), contando ainda com apoio do município de Rondonópolis e de empresas locais.

Fotos:Varlei Cordova/Panorama das Artes

Continue Lendo


2 comments

  1. MInhas reverências aos astistas e aos operários da produção artistico/cultural da minha terra natal, Rondonópolis. Especialmente aos nossos co-irmãos, criadores artistas-plasticos: representados nesta reportagem, pelo querido curador, pensador… idealizador, e a priori um sensivel poeta por excelência de sua natureza,o professor Laudenir Antonio Gonçalves.

    Estela Boranga, seu site está no topo da minha lista de leituras obrigatórias, fonte de informação segura para eu manter-me atualizado, acompanhando com VERDADE, SERIEDADE e IMPARCIALIDADE, os acontecimentos sócio-político-culturais. Além de quê sempre espero “aquela pitadinha” de sua opinião franca a respeito dos fatos!

    Sim eu sigo diariamente o site da polêmica jornalista ‘Estela Boranga Comenta’. Top!!!!

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *