Obras dos parques municipais serão retomadas em 2018

Escrito por:
Escondidinho: no abandono desde 2012
(AgoraMT)

Apesar de seu crescimento ininterrupto e de uma população que se aproxima de 300 mil habitantes, Rondonópolis está bem atrás de municípios menores do que o nosso, em termos de dispor de locais públicos de lazer e entretenimento.
Felizmente, na semana que passou, o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) anunciou que as obras do Parque Ecológico do Escondidinho, paralisadas desde 2012, deverão ser retomadas ainda no primeiro semestre do ano que vem.
O reinício das obras será possível, em razão de ter sido aprovada pela Caixa Econômica Federal (CEF), a realização de nova licitação pelo Prefeitura de Rondonópolis.
Iniciada na primeira gestão de Zé Carlos do Pátio, a obra do Parque Ecológico do Escondidinho teve um orçamento de R$ 3,8 milhões previsto para sua execução, mas em razão de falhas detectadas no projeto, os repasses federais, oriundos do Ministério do Turismo, foram suspensos.
O processo da nova licitação – cujo projeto prevê o mesmo orçamento de R$ 3,8 milhões por parte da Prefeitura e R$ 1,2 milhão da CEF – deverá estar concluído em 90 dias e inclui a implantação de cerca em volta de toda a área dos 39 hectares, trilhas para caminhadas, quadras de areia e poliesportivas, arborização, pista de skate, mirante, quiosques, parque infantil, área de ginástica, portal de entrada, estacionamento e sanitários.
Parque das Mangueiras

Obras do Parque das Mangueiras também estão previstas
(Foto: GCM/PMR)

Também deverá ser reativado o projeto do Parque Municipal das Mangueiras, localizado no bairro Jardim Primavera, igualmente paralisado desde 2012, cujo projeto de investimento previsto é da ordem de R$ 2,8 milhões, abrangendo uma área de 23 mil m2, com cercamento de toda a área, implantação de quadras de areia e poliesportiva, arborização, campo de futebol, banheiros, mesas para jogos, setor administrativo, portal de entrada, guarita, pista para caminhada e quiosques e academia popular.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *