Paralisação geral

Escrito por:

A exemplo dos grandes centros e cidades de grande porte brasileiras, Rondonópolis também tomará parte nas manifestações previstas para ocorrerem na quarta-feira (15), quando será deflagrada paralisação geral com participação de segmentos ligados à Educação e também a outras atividades, contra os desmandos promovidos pelo governo de Jair Bolsonaro.
Sintep
Para tanto, a subsede do Sindicado dos trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), irá realizar Assembleia Geral às 07h no dia 15, na Escola Sagrado Coração de Jesus, seguindo após para a Praça Brasil, onde acontecerá o Ato Público, às 08 horas, com a adesão de outras categorias de trabalhadores.
Sispmur
Também o Sindicato dos Servidores Públicos e Municipais de Rondonópolis (Sispmur) está convocando o funcionalismo público municipal a participar da paralisação na Praça Brasil, com pauta de reivindicações contendo os seguintes itens: Em protesto contra a Reforma da Previdência (PEC.06/2019); em protesto ao laudo IRREGULAR E ILEGAL; pelo correto pagamento da Insalubridade; em protesto pela revisão e as devidas correções dos PCCVs (Planos de Cargos Carreiras e Vencimentos) do Município: Educação, Instrumental e Saúde; pela Elevação de classes com Especialização e pela exclusão da qualificação; em protesto contra a perseguição aos dirigentes sindicais; e pelo correto pagamento do auxílio-transporte, obedecendo aos parâmetros legais.
A paralisação servirá de amostragem do que poderá vir a ser a Greve Nacional da Educação, que está prestes a acontecer!


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *