Pedro Simon é lançado à Presidência da República

Escrito por:
Simon é um dos históricos do PMDB
(Senado Federal)

O ex-senador Pedro Simon foi lançado ontem, pelo PMDB do Rio Grande do Sul, à presidência da República em 2018, durante encontro do partido em Arambaré.
Simon (87), ao lado de Ulysses Guimarães e Paulo Brossard (já falecidos) fundou o extinto MDB e possui imensa reserva moral e história política, conquistados ao longo de 58 anos de vida pública e dos seus quatro mandatos como senador da República.
Filiado inicialmente ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) junto com Getúlio Vargas, Leonel de Moura Brizola e Jango Goulart, ajudou a fundar o MDB – nascido dentro do bipartidarismo da ditadura militar. “Eu sou do velho MDB, de combate à ditadura, um partido que era, modéstia à parte, extraordinário, digno, correto. Tentaram degolar, mas resistiu. Chegou ao governo, mudou tudo”, declarou em 2010, ao GGN.
Após 32 anos na senatoria, Pedro Simon não foi reeleito em 2014, depois de avisar que deixaria a vida pública.
Caso se confirme a candidatura, Simon poderá fazer a diferença nas eleições do ano que vem, justamente devido a sua integridade como político.

Continue Lendo


um comentário

  1. Coitado do Simon! Com certeza a banca podre do PMDB não irá apoiá-lo. A “bandidagem”, com certeza, irá apoiar candidato de outro partido com maiores chances de vitória.

Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *