PF busca grupo de GO e MT que fraudou a Ferrovia Norte-Sul

Escrito por:
(Divulgação)

O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) de Goiás deflagraram hoje (25), a operação “De volta aos Trilhos”, contra crimes de lavagem de dinheiro naquele Estado e também em Mato Grosso. A investigação, é focada no recebimento de propina, nas obras da Ferrovia Norte-Sul.
A ação cumpre dois mandados de prisão preventiva, contra Jader Ferreira das Neves, filho do ex-presidente da Valec, Juquinha das Neves, e outro contra o advogado Leandro de Melo Ribeiro. A Valec é a empresa pública da área de infraestrutura ferroviária, responsável pelas obras e manutenção da Norte-Sul.
Juquinha e o filho já foram condenados neste ano a, respectivamente, 10 e 7 anos de reclusão, por formarem quadrilha e lavarem aproximadamente R$20 milhões, provenientes da prática de crimes de cartel, fraudes em licitações, peculato e corrupção nas obras de construção da ferrovia.
Norte-Sul
As obras da ferrovia foram iniciadas em 1987, durante o governo de José Sarney (PMDB). Atualmente encontra-se pronto o trecho entre Açailândia (MA) e Palmas (TO).Quando concluída, a ferrovia terá a extensão de 4.155 quilômetros, cortando os estados do Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Operação
O nome da operação –
“De Volta aos Trilhos” – A expressão é popularmente usada para significar o retorno das coisas ao seu devido lugar, à normalidade. O nome da operação é uma alusão a um dos seus principais objetivos, que é o de trazer de volta parte dos recursos desviados da ferrovia Norte-Sul em forma de propina.
Da Redação com Veja-Abril.com

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *