PGR vai apresentar denúncia contra Temer por obstrução de Justiça

Escrito por:
No cangote de Temer
(Internet)

A Procuradoria Geral da República (PGR) corre contra o tempo para denunciar Michel Temer antes do fim de mandato de Rodrigo Janot, que acontece em setembro. Por isso, já sinalizou que vai apresentar ao Supremo Tribunal Federal (STF) apenas mais uma, e não duas denúncias – conforme estava previsto – contra ele.
Segundo o jornal Estadão de hoje, Janot vai unificar a denúncia por obstrução de Justiça envolvendo a gravação de Joesley Batista, da JBS, com formação de quadrilha, que utiliza informações de um inquérito contra o PMDB na Câmara.
Ao denunciar Temer por corrupção passiva (ser o destinatário final da mala de propina que a JBS entregou a Rodrigo Rocha Loures), Janot explicou que a delação de Joesley e aliados mostra que o presidente pode ser considerado o chefe da organização criminosa (o PMDB na Câmara).
Obstrução de Justiça
Sobre a obstrução de Justiça, Janot deve aprofundar a questão quanto a Temer ter ouvido Joesley afirmar que estava comprando um juiz e um procurador e nada ter feito a respeito.
Há um mês, a expectativa em torno das próximas denúncias contra Temer era outra. Janot havia sinalizado que tem material para pelo menos mais uma ação penal, além dessas já citadas.
Portos
Trata-se do decreto dos Portos, que Temer assinou pouco antes da delação da JBS vir à tona. A colaboração da empresa mostrou que empresários do setor de portos estavam em constante contato com Loures e teriam insinuado que pagaram e operaram propina a Temer em alguns diálogos gravados. A Rodrimar é uma dessas empresas e já foi investigada junto com Temer em um inquérito encerrado pelo Supremo Tribunal Federal há alguns anos.
Ao apresentar a denúncia por corrupção passiva, Janot ainda pediu um inquérito sobre o pagamento de propina no Cade para beneficiar a JBS. Informações dessa investigação poderiam provar o pagamento de vantagem indevida ao peemedebista.
Com GGN

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *