Programa ‘Água para Todos’ vai beneficiar pequenos agricultores 

Escrito por:
Programa foi lançado ontem
(Wherveton Barros)

Levar cidadania, dignidade e qualidade de vida para o trabalhador do campo com foco nas políticas da agricultura familiar. Com esse objetivo, o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (SD), participou, na manhã de ontem (24), do lançamento do programa Água para Todos, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rondonópolis.
Resultado de um Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura Municipal e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o programa vai garantir abastecimento de água para cerca de 600 pessoas de 23 comunidades e assentamentos da Reforma Agrária de Rondonópolis com a perfuração de poços artesianos.
“Nossa intenção é o fortalecimento da agricultura familiar e esses poços artesianos são mais uma alternativa, para fortalecer a fixação do homem ao campo. Para tanto, a Prefeitura vai oferecer as bombas e os reservatórios ”, destacou Pátio.
Estrutura e conforto serão levados ao pequeno produtor a partir da assinatura do documento, visando mantê-lo no campo, como explicou o Secretário Municipal de Agricultura e Pecuária, Gladston Alves Moreira: “Precisávamos desenvolver as cadeiras produtivas e fixar nossos produtores nos assentamentos,  porque estava havendo grande evasão dos pequenos produtores que, por falta de apoio para realizar seu trabalho, estavam abandonando os lotes e vindo para a cidade”.
Segundo o superintendente da Funasa em Mato Grosso, Francisco Holanildo, os dez primeiros poços serão perfurados ainda este ano. “A Funasa vai disponibilizar as máquinas, para perfurar os poços. Hoje assinamos a autorização para a perfuração dos dez primeiros poços e os outros 13 estão em fase de estudos geofísicos”, ressaltou.
Conforme o ouvidor do Incra, Valdir Correia, sem água não há produção e com o novo programa os pequenos agricultores poderão aumentar a produção, que já tem destino certo em Rondonópolis. “Nosso mercado interno é grande e o município também vai absorver a produção para a merenda escolar”, reforça.
Além disso, a produção, segundo Correia passa a ser o ano todo, já que os pequenos agricultores poderão usar a irrigação em período de seca para continuar a ofertar os produtos no mercado consumidor.
Para o morador da Vila Bueno, Aurino Alves da Silva, a perfuração do poço artesiano na comunidade é de fundamental importância e vai mudar a vida de todos. “A expectativa é muito boa e está chegando na hora certa, porque sem a água não podemos fazer praticamente nada”, disse.

Continue Lendo


Opine aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *